SONS NO SALÃO: Contraduo

Dois músicos com percursos diferentes, de países diferentes, com o Contrabaixo em comum. O Oceano Atlântico que os separa é o mesmo que os une. Carlos Menezes, músico português com o seu contrabaixo de 4 cordas de influências eruditas, e Walter Areia, músico brasileiro com o Contrabaixo de 3 cordas e a música Brasileira como raiz. Estes dois músicos formam o ContraDuo. Interpretam temas de sua autoria bem como alguns temas de Fado, Jazz, Música Erudita, Popular, sempre como base a improvisação.

 

Salão Nobre do Teatro Garcia de Resende

2 de julho, 2024

18h30

 

Bilhetes na BOL


VER&APRENDER : Senhor Sabão

Uma animação de rua deambulante, que recria o imaginário e a memória dos vendedores ambulantes, que usavam a bicicleta como meio de transporte e como local de venda. A mercadoria carrega emoções e surpresas de um mundo onde o sabão é a matéria-prima em constante transformação. Durante a contemplação deste elemento engenhoso apela-se à participação e à interação de todos.

 

FICHA TÉCNICA

Performers: Artur Carvalho, Bruno Estima, David Valente | Criação: Artur Carvalho, Bruno Estima, David Calhau, David Valente | Construção do objeto: Projecto EZ | Produção: WeTumTum

 

 

Parque Infantil, integrado na Feira de S. João

23 de junho, 11h00

24 de junho, 11h00 e 15h00

 

 

Bilhetes na BOL


A parceria de acolhimento com o CENDREV incluí a delegação de espaços para montagens, ensaios e apresentação. Disponibilização de equipamento e de pessoal técnico, serviços de frente de casa e bilheteira do TGR, bem como apoio na divulgação e comunicação do evento.

O evento é integrado na programação no âmbito da RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses.


Informações: (+351) 266 703 112 / Contactos
Compra de bilhetes: www.bol.pt

 

facebook.com/cendrev.teatro
instagram.com/cendrev.teatro


Concerto 25 Anos do Ensino da Percussão em Évora

O Teatro Garcia de Resende acolhe este concerto comemorativo da Classe de Percussão da Universidade de Évora.

Mais informações na Universidade de Évora

 

Teatro Garcia de Resende

22 de junho, 2024

17h00

 

Evento gratuito


A parceria de acolhimento com o CENDREV incluí a delegação de espaços para montagens, ensaios e apresentação. Disponibilização de equipamento e de pessoal técnico, serviços de frente de casa e bilheteira do TGR, bem como apoio na divulgação e comunicação do evento.

O evento é integrado na programação no âmbito da RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses.


Informações: (+351) 266 703 112 / Contactos
Compra de bilhetes: www.bol.pt

 

facebook.com/cendrev.teatro
instagram.com/cendrev.teatro


À Boca de Senna : Exercício-Espectáculo

Alunos da Licenciatura em Teatro da Escola de Artes da U.E.

Dono e cão, dois seres distintos, partilham uma história conturbada e melancólica. Kiko, com a sua ingenuidade, confia em Manuela para revelar um grande segredo e talvez esse tenha sido o seu grande erro. Manu, com todos os seus dilemas vai-se afogando nas suas ações, chegando ao ponto de lhe ser impossível saber o que é moralmente correto. Entre conversas, discussões e carícias, um distancia-se e o outro apega-se.
Eles amam, eles sofrem, eles choram, eles riem, eles magoam-se…até chegar ao limite.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA:

Criação/ Interpretação: Ana Mendes Garcia, Bruna Calado, Nicole Gil | Coordenação: Ana Tamen, Beatriz Cantinho, Isabel Bezelga, Renato Machado | Cenografia: Ana Mendes Garcia, Bruna Calado, Madalena Pombeiro | Figurinos/ Adereços: Nana Abreu, Nicole Gil | Luz: Nena Sampaio, Renato Machado, Ana Mendes Garcia, Bruna Calado, Nicole Gil | Som: Catarina Rainho, Ana Mendes Garcia, Bruna Calado, Nicole Gil | Frente sala: Marta Silva/ Girassol | Produção: Diana Oliveira

 

Teatro Garcia de Resende

20 de junho, 16h00 e 21h30

21 de junho, 21h30

 

Evento gratuito


A parceria de acolhimento com o CENDREV incluí a delegação de espaços para montagens, ensaios e apresentação. Disponibilização de equipamento e de pessoal técnico, serviços de frente de casa e bilheteira do TGR, bem como apoio na divulgação e comunicação do evento.

O evento é integrado na programação no âmbito da RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses.


Informações: (+351) 266 703 112 / Contactos
Compra de bilhetes: www.bol.pt

 

facebook.com/cendrev.teatro
instagram.com/cendrev.teatro


SALÃO: Movimento Disruptivo

Como espaço de livre-pensamento que é, o conceito do Salão evolui por conta própria. Com isto ganha outras formas, tornando-se num espaço de discussão propício à criação de massa crítica. Sabendo disto, mantemos a busca deste Salão utópico.
Procuramos um “SALÃO” que seja um lugar do outro lado do espelho.

Em 2023 avançámos com uma organização diferente. Percebendo que este espaço de pensamento só faz sentido estando vivo, ativo e em evolução, decidimos uma vez mais repensar e reorganizar a forma de agir neste projeto.

Com cognome de “Movimento Disruptivo” pretendemos que esta terceira edição do “Salão” ganhe dinâmicas de questionamento ativo. Para isso, olhamos para o mundo que nos rodeia e selecionamos cinco temas que nos parecem fraturantes e motivadores de pensamento, que dividimos em cinco sessões ao longo do ano.

O primeiro tema e mote para o título dos Salões deste ano foi sobre O papel da disrupção na continuidade.

O tema deste encontro será sobre corpos marginais nas artes

 

 

Salão Nobre do Teatro Garcia de Resende

19 de junho, 2024

18h30

 

Entrada gratuita.


Informações: (+351) 266 703 112 / Contactos
Compra de bilhetes: www.bol.pt

 

facebook.com/cendrev.teatro
instagram.com/cendrev.teatro


23 segundos

Cinco homens, presos políticos, conhecem-se numa cela comum da cadeia onde cumprem pena por atividades consideradas subversivas contra o Estado. Juntos, mesmo correndo o risco de serem descobertos e torturados, engendram um plano de fuga, com a cumplicidade da companheira de um deles: escavar um túnel com cerca de doze metros, entre a cela e a muralha exterior da prisão. Durante meses, com tarefas cumpridas de forma organizada, meticulosa e paciente, põem o plano em marcha, sempre atentos aos passos e às rotinas dos guardas. Sabem que, desde que ouvem a chave a entrar sonoramente na fechadura da porta do edifício até à ronda da sua cela, o guarda mais rápido demora 23 segundos. Apenas 23 segundos. É esse o tempo de que dispõem para disfarçarem o aparato da escavação e voltarem às camas, dando a ideia de total normalidade.
Tratando-se embora de ficção, a ação inspira-se numa situação verídica ocorrida na Cadeia do Forte de Peniche, na primeira metade dos anos 50, durante a ditadura do Estado Novo. Na peça, a data e o local não são precisados, porque o assunto é de todos os tempos e de todos os lugares em que houver pessoas inconformadas e dispostas a lutar pela democracia e pela liberdade.
Miguel Falcão

 

Ficha Artística:

Autoria: Miguel Falcão
Direção: João Mota
Assistente de Encenação: Patrícia Neves

Interpretes (por ordem de entrada): Hugo Franco, Gonçalo Botelho, Paulo Lages, Rogério Vale, Francisco Almeida, Miguel Sermão, Carlos Catalão, Maria Ana Filipe

Desenho de Luz: Paulo Graça
Técnicos de Montagem: Renato Godinho, Assunção Dias
Assistente de Produção: Catarina Oliveira
Gabinete de Produção: Rosário Silva e Carlos Bernardo

 

Teatro Garcia de Resende

15 de junho, 2024.
21h30


A parceria de acolhimento com o CENDREV incluí a delegação de espaços para montagens, ensaios e apresentação. Disponibilização de equipamento e de pessoal técnico, serviços de frente de casa e bilheteira do TGR, bem como apoio na divulgação e comunicação do evento.

O evento é integrado na programação no âmbito da RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses.


Informações: (+351) 266 703 112 / Contactos
Compra de bilhetes: www.bol.pt

 

facebook.com/cendrev.teatro
instagram.com/cendrev.teatro